Google+

Mudanças Cartola 2016

Mateus Queiroz Correia.
11/05/2016

Inspirado pelo vídeo do "Gazeta do Cartola FC - Opinião - Cartola FC 2016" abaixo, resolvi dar minha opinião sobre as mudanças no game.

Tecnologia

Para começar, gostaria de fazer um elogio! Sim, porque a área de tecnologia da Globo.com, que inclui o cartola, é muito antenada! Estão presentes em várias palestras (em breve faço um post sobre isso). Historicamente costumam fazer escolhas tecnológicas e arquiteturais modernas e interessantes.

No próprio cartola, mesmo na plataforma antiga, permitia vários sites externos e apps consumirem sua API pública - que já trafegava JSON. Isso é sensacional e devemos sempre lembrar disso!!!

Na plataforma, a API cotinua pública, faltou foi oficializar um acesso externo, mesmo que com limites.

Pagar pelo Cartola?

Primeiro, vamos ter empatia e entender o lado da Globo e qualquer outra empresa. Toda empresa vive de lucro, ou uma expectativa futura nessa sentido. Usuários pagarem por um serviço ou produto ajuda a viabilizar qualquer projeto, que se não for rentável pode acabar - e ninguém aqui quer o CartolaFC acabando.

Vale ressaltar que um projeto pode ser rentável sem cobrar do usuário fim. Como exemplo podemos falar do modelo de negócio de busca do Google ou do Facebook - que assim como a Globo busca receita de anúncios. De toda forma, há mais variáveis envolvidas que deveríamos entender antes de julgar e, por já ter acontecido, vamos nos adaptar, no pior caso ainda dá para continuar jogando gratuitamente (Esse direito continuou sendo dado ao cartoleiro).

Concordo com a opinião do Michel (Gazeta do Cartola): há uma expectativa de ao pagar ter como retorno um valor agregado, que não vejo acontecendo de forma diferenciada no cartola - questão de opinião de cada um. Ruim foi perder o mínimo que já tinha na versão anterior, reduzir a quantidade de ligas de 5 para 2.

Perda de funcionalidades...

Essa diminuição da quantidade de ligas, apesar de poder ter embasamento técnico para custo de processamento, acho que poderia ter alternativa. Na verdade, tenho certeza, se não nem o Cartoleiro Pro teria tal "benefício".

Perda das ligas

Uma coisa muito ruim foi a perda das ligas já vinculadas ao cartoleiro. Podia muito bem respeitar as ligas dos cartoleiros e solicitar que eles excluíssem as que não iriam priorizar. Pelo menos esse é fácil de resolver!

Teve ganhos, poderia ser melhor?

O app e o site ficaram visualmente mais bonitos, fato. A leitura do Michel sobre isso facilitar a utilização por público menos viciado do game é bem interessante, eu mesmo não tinha pensado nesse ponto.

Faltou foi priorizar outras frentes, pegando ideias de outros fantasy game que dão outros recursos:

Em resumo, o saldo do game continua positivo e vamos mitar!

 

 

Tags: CartolaFC 2016